domingo, 24 de setembro de 2017

O sol gira

O sol gira
Eu acordo na mesma hora
- Não no mesmo tempo -
Quase todos os dias
A manhã fica clara
Mais cedo do que na semana passada
A sombra pira
E somente piora
Cada associação do pensamento
Em caso de antiterapia
Então, eu saio do inferno, da sala
E do elevador interno rumo à escada
Tiras
Deixam leves as toras
De madeira no acampamento
Do humor sem polícia
Nem farda
Só a imperícia morre com tal arma.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Zodiacaos

Soul em Gêmeos,
Acidente em Peixes
E luta em Capriescárnio.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Na máquina do tempo

Diante de tanto retrocesso
Arte sob censura
Homossexualidade em cura
Confesso meu forçado ingresso
Na máquina do tempo
Mas nunca vou alinhar o meu fuso
Coronário com o dos obtusos
Convictos do avanço
Nestes dias tacanhos
De Powerpoint para o futuro.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

domingo, 27 de agosto de 2017

A despeito do céu despido

A despeito do céu despido
Está tudo nebuloso
Quiçá um ruído na comunicação
Na solicitação do envio de nudes:
Mande nuvens.

Incêndio no estudo de te ver



Incêndio no estudo
de te ver
(eu também estou em foco e no fogo)
não é de propósito
para garantir o seguro
e me nutrir das migalhas do futuro
só pelo prazer
totalmente ilusório
em ter controle de tudo
prefiro os passos aleatórios
da rua que é um grande estúdio
a estar in loco neste jogo.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Pelo combate direto

A violência é vil
E o ódio, imbecil
Mas há quem fale
Para não descermos ao nível
Do nazifascismo pelo combate
Direto
Como se a Segunda Guerra Mundial
Tivesse sido uma vernissage
Ou um sarau
Poético.